Inteligência se aprende e não é determinada pela genética; Todo ser humano é capaz de aprender e ter consciência da própria aprendizagem; A escola promove o desenvolvimento do raciocínio e estimula o pensamento criativo; A escola incentiva a construção de autonomia intelectual e moral, inseparáveis e necessárias para construir uma ética para a vida; As pessoas constroem conhecimento na interação com o mundo; O acesso às tecnologias contemporâneas é um direito e uma condição para a vida no século 21; Aprender é estabelecer relações entre saberes; O conhecimento se constitui em grupo, na discussão e na crítica; O respeito pelos outros, a empatia, a solidariedade e a aceitação das diferenças são valores fundamentais para a vida em sociedade; Todas as pessoas têm o direito de viver bem e são responsáveis pela vida no planeta.
Notícias

Projeto CERN levará alunos à Europa para estudarem Física Moderna


Os alunos do Ensino Médio começaram o ano com uma novidade: o Projeto CERN, que os levará à Europa para conhecerem o Centro Europeu de Pesquisas Nucleares, o CERN, maior Laboratório de Física de partículas do mundo. Dedicado a pesquisas de Física de Altas Energias, os estudos no CERN têm como objetivo desvendar os mistérios microscópicos e macroscópicos do universo. A instituição foi a responsável por conceder à academia quatro prêmios Nobel, sendo o último em 2013, a confirmação do Bóson de Higgs. Quem está à frente do Projeto é o Professor Vitor Acioly, de Física, que esteve na Instituição, em 2017, onde participou de um curso.


Como acontecerá?

O Projeto CERN será parte do Projeto Saber Mais, aberto a todos os alunos da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, incluindo aqueles que não pretendem realizar a viagem. Com o objetivo de estimular a curiosidade científica e aprofundar os conhecimentos de Física Moderna, acontecerão aulas conceituais, palestras, visitas a Centros de Pesquisa no Brasil (UERJ, CBPF, PUC) e visitas virtuais ao CERN, com videoconferências.

A viagem será no segundo semestre. Poderão participar 40 alunos, das unidades Barra e Gávea. No roteiro, estão incluídas aulas no Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, em Lisboa, visitas às instalações do CERN, na Suíça, onde os alunos conhecerão, de perto, as pesquisas desenvolvidas no local, ida a Berna, capital do país, e a Genebra, com visita à ONU. Além dos conteúdos de Física e Química, naturalmente abordados nos laboratórios, haverá aulas de História nos centros históricos de Lisboa, Genebra e Berna, e atividades culturais, como visitas a museus.

Conheça o CERN


Compartilhar

Facebook